Dilma, FHC e o maquiavelismo

Dilma Rousseff passa por problemas no início de seu segundo mandato. Caso “Petrolão”, real desvalorizado, corte de verbas, racionamento de energia, aumento de preços, economia estagnada. Já existe até data de manifestação à favor do impeachment da mandatária do Brasil. Em meio a essa turbulência (Lula diria que é apenas uma “marolinha”?), no último domingo foi ao ar um pronunciamento da presidente em rede nacional, dizendo que os problemas pelos quais o país passa são momentâneos e bem menos graves do que a oposição pinta. Também afirmou que o cenário foi prejudicado por uma crise econômica mundial e pela ausência de chuvas. Mas o tiro saiu pela culatra. Boa parte da população, na hora do pronunciamento, recebeu sua fala por meio de buzinaços, panelaços e xingamentos.

Pronunciamento de Dilma Rousseff

Pronunciamento de Dilma Rousseff

O fato é que Dilma e PT, principalmente em 2013 e 2014, para garantir a reeleição, utilizaram-se de medidas populistas e de mentiras durante a campanha eleitoral, maquiando o cenário nacional, que – obviamente – não tinha como se sustentar. Explico. O governo gastou (desde 2010) sempre mais do que arrecadou em impostos, o que resultou num aumento da dívida pública líquida; junto disso, o governo tentou obter um direcionamento político da economia, contendo o aumento do preço dos combustíveis, em busca de votos; isso inevitavelmente leva à inflação. A soma desses fatores afugenta os investidores do Brasil, o que desvaloriza o real; consequentemente, o risco-Brasil se eleva e desacelera a economia. Resultado: não cumprimento de promessas eleitorais e grande perspectiva de recessão econômica para 2015.

Na seara política, uma de suas faces é a luta pela conquista/manutenção do poder. Neste contexto, Maquiavel dizia que um governante deve (i) ter virtú, isto é, saber agir com energia necessária a fim de conquistar ou manter o poder; e (ii) se valer da fortuna, que significa não deixar escapar a ocasião oportuna.

Maquiavel

Maquiavel

A partir disso, surgiu a expressão “maquiavelismo”, que foi associada ao fato de usar mentiras e má-fé para se atingir os fins, de forma ardilosa: “os fins justificam os meios”. Entretanto, Maquiavel deixa claro em sua teoria política que não há nada de maquiavélico quando o governante age pautado pela necessidade de abusar de seu poder com o intuito do bem coletivo. Diante disso, só há maquiavelismo quando se age por mero oportunismo – capricho ou interesse próprio. O bem comum que Maquiavel visava era a unificação da Itália, e nesse sentido que o Príncipe deveria usar a dupla virtú-fortuna.

Ora, está claro que Dilma foi maquiavélica. Não pensou no bem comum. Além disso, segundo FHC (aproveitando-se do contexto), o ideal é deixar o PT no poder até sangrar. Ou seja, a oposição também adota a mesma postura, baseada no oportunismo e em interesses próprios. No fim das contas, Maquiavel é o mais inocente dos três, pois o único que se preocupou com o povo. E tem gente que até briga em defesa de Dilma (Lula, PT) ou de FHC (Aécio, PSDB). Só gostaria de saber quais fins justificam esses (estúpidos) meios.

Sobre lucassrodrigue

Graduado e Mestre em Filosofia pela UFMG. Dezenas de artigos publicados em Jornais, como Estado de Minas e O Tempo. Debates sobre o cotidiano e (i) a filosofia, com seus aspectos políticos, sociais e éticos; (ii) os filmes, com suas possibilidades de interpretações inúmeras; e (iii) o espiritismo, doutrina por mim seguida na vida.
Esse post foi publicado em Filosofia e Cotidiano e marcado , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para Dilma, FHC e o maquiavelismo

  1. Elaine Soares disse:

    Como utilizar a filosofia para simplificar tão brilhantemente o caos atual? Eu respondo : chame o Lucas! Adorei muito a conclusão! A política de hoje nao chega aos pés de Maquiavel. ☺

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s